terça-feira, 7 de agosto de 2007

O LUAR




A noite cai e com ela o sol vai desaparecendo, para ressurgir no outro lado do planeta, onde vai iluminar e aquecer outros seres.

Aos pouco a lua vai surgindo no horizonte com sua cor prateada, iluminando a noite escura que tinha apenas como testemunhas as estrelas brilhando no firmamento.

Observo a lua emoldurando aquele cenário deslumbrante e dou-me conta da beleza e imensidão da natureza. Deslumbro um quadro pintado pela aquarela divina, envolvendo minha alma com magia.

Sentada em frente ao mar, vejo a lua brincando com suas ondas. Sinto naquele momento a energia contagiante do seu brilho. Ao meu lado, amantes apaixonados têm sonhos delirantes, diante daquele espetáculo.
 
O luar inspira os poetas, pintores e músicos, que deixam fluir suas emoções e sentimentos. O seresteiro, por exemplo, dedilha as cordas do seu violão, numa dolente canção, sob a sacada da janela, para despertar a sua amada.

Lembro com saudade do luar do meu sertão. Parece ser mais bonito! Quando a lua surge imponente por trás das serras, vem trazendo mistérios e encantos. O seu brilho resplandece no céu desnudo, das nuvens brancas, e no silêncio ouço apenas, a voz do vento.

"Luar do sertão", letra inspirada pelo poeta Catulo da Paixão Cearense, que tão bem retrata esse maravilhoso espetáculo, de forma simples, mas de uma beleza extraordinária, lembrado por todos nós.

O luar é encantamento aqui e alhures.


Neneca Barbosa
João Pessoa, 01/08/2007

3 comentários:

Angel K. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Romeu Pitz disse...

Oi, Neneca!

Boa tarde! Parabéns! Agora fazes parte do nosso mundo, o mundo dos blogs.

O luar longe das luzes da cidade é de uma beleza que poucos conhecem.

Grande abraço!

Maria Sueli Vasconcelos disse...

Parabéns amiga!
você não só retratra a sua trajetória da infância e da sua adolescência, como também a de muitas pessoas que já viveram tudo isso que você narrou com seu jeito simples e natural.
Agradeço por compartilhar conosco tamanha emoção.
Uma grande beijoka no teu lindo coração.